A caminho da liderança

13/08/2007

Fonte: Reprodução
Fonte: Reprodução

Nos últimos anos, desde "A escrava Isaura", a Record passou a perseguir o SBT e ameaça até a Globo com sua teledramaturgia. Um ponto negativo de seu "a caminho à liderança" foi a troca da novela das 19h para as 21h, concorrendo direto com a Globo e sendo, por muitas vezes, desprestigiada em termos de audiência. Sim, com outro produto não alcançaria médias acima de dois dígitos, mas num horário menos competitivo, certamente obteria maior sucesso de público.

A substituta de "Luz do sol" será "Amor e Intrigas", vencedora de um Concurso de Roteiristas promovido pela emissora e considerada "uma novela de encher os olhos". Será que trata-se de uma trama tão impactante assim? Será que com essa trama, a Record vai ter os dois dígitos no horário das 21h?

Mudando de assunto...

O que está acontecendo com as tardes do SBT? O "Charme" conseguiu menos ibope que as Pupilas... como diria a Galisteu: "Gentiiiii!"... Nem os seriados que precedem o programa são suficientes para manter o ibope. O SBT viveu uma boa fase há alguns anos atrás quando a Globo reprisou "Terra nostra" e "Deus nos acuda", conseguindo para "Pérola negra" índices de ibope superiores à primeira exibição da trama original argentina. Se as coisas continuarem assim por lá, o SBT está perdido! Uma dica, talvez inútil, mas de se pensar: que tal colocar a Galisteu na madrugada de novo e passar as "Chiquititas" argentinas à tarde?