A guerra santa começou!

22/06/2009

Fonte: Reprodução
Fonte: Reprodução

Semana passada, o convite oferecido pela Record ao apresentador Gugu Liberato repercutiu de uma forma que causou mais surpresa que o cancelamento de "As pupilas do Senhor Reitor" em 2006. Sílvio Santos viu, de uma hora para outra, seu pupilo receber uma proposta milionária. O que fazer nesse momento?

Quase certa a ida de Gugu para a Record. Sílvio Santos, que não é nada bobo, iniciou o ataque. Percebendo o buraco que o fim do "Domingo legal" deixaria na programação, conseguiu tirar da concorrência dois importantes nomes: Roberto Justus, após as temporadas de "O aprendiz", e Eliana, que comanda o dominical "Tudo é possível". Suas propostas de salário são superiores aos atuais contratados do SBT, o que causou desconforto nos corredores da Anhanguera.

Além destes nomes, Sílvio Santos quer Celso Freitas e Ana Hickmann, além da turma do "Pânico na TV", cujo contrato com a RedeTV! termina no final deste ano. Ou seja, a ideia do tio Sílvio é dar um desfalque na Record, com possibilidades de contratação em outras áreas, incluindo teledramaturgia. Olho por olho, dente por dente. E artista por artista!

Se Gugu vai mesmo para Record, nada confirmado ainda. Mas uma coisa é certa: ele é a maior audiência do SBT e responsável por vários dos recursos financeiros da emissora. Pelo andar da carruagem, esse é só o começo da história. Parece que o SBT acordou e está disposto a recuperar de vez o segundo lugar no ibope. A Record cutucou a onça com vara curta e pode se dar mal com essa brincadeira.

Siga este link para "A guerra santa começou! (Parte 2)".

Siga este link para "A guerra santa começou! (Parte 3)". 

Siga este link para "A guerra santa continua...".