A próxima das seis

26/09/2009

Fonte: Reprodução
Fonte: Reprodução

Uma notícia que saiu essa semana na coluna do Flávio Ricco me deixou cair os butiás do bolso! A Globo, que está se preparando para a estreia de "Cama de gato", não tem a substituta para o horário das seis. Na verdade, a emissora ainda não decidiu por nenhuma das opções que dispõe. Com isso, teria encomendado a Alcides Nogueira uma sinopse.

A substituta deveria ser escrita por Walther Negrão e se passaria na região do Araguaia. Foi vetada por enquanto, o que é uma pena, pois daria novos ares à dramaturgia. Maria Adelaide Amaral, ao que me consta, estaria cotada para o horário das sete com um remake das obras do seu mestre Cassiano Gabus Mendes, mas talvez por conta da próxima minissérie "Dalva e Heraldito", os planos tenham sido alterados. Já Elizabeth Jhin ainda é lembrada pelo fraco desempenho de "Eterna magia".

De acordo com o que foi noticiado, a próxima novela das seis deve ser uma trama rural e contemporânea. Com certeza, o pedido foi impulsionado pelos índices de "Paraíso", que reverteu um quadro de queda livre no horário.

O importante é que a Globo decida logo qual será a substituta de "Cama de gato". Uma pena que a emissora ainda siga encomendando novelas ao invés de avaliar todas as ideias que podem ser expostas e desenvolvidas. Se foi decisão da Globo a encomenda pro Alcides ou se foi um veto dos autores com relação às outras sinopses, isso ficará nos bastidores.