A verdadeira cara de #DuasCaras

05/05/2008

Fonte: Reprodução
Fonte: Reprodução

"Duas caras", está na sua reta final. A trama de Aguinaldo Silva, que teve o menor índice de audiência em primeiro capítulo no horário nobre (40 pontos de média), vem mostrando fôlego no ibope. O capítulo em que Sílvia (Alinne Moraes) se jogou da escada em plena festa de aniversário de Renato (Gabriel Siqueira), por exemplo, teve picos 62 pontos de ibope. Porém, a média de audiência da produção Global ficou instável durante os primeiros meses de exibição.

A novela foi cativando o público aos poucos. Logo depois dos rumores de que o autor iria abandonar a trama, surgiu o boato de que Sílvia seria a grande vilã da história. Até então, ela era apenas uma paty mimada. Confesso que duvidei de Alinne Moraes, atriz da nova geração e que só fez papéis meiguíssimos, chegasse aos pés de sua atuação. Bem feito pra mim, que merecia esse tapa de luvas.

Não vou dizer que amo "Duas caras" porque não amo mesmo. Mas assumo que a trama central, que envolve Ferraço e Maria Paula (Marjorie Estiano), somada às loucuras da personagem da Alinne, têm me cativado. Claro, elas passaram a ser presença obrigatória nos últimos capítulos exibidos - e a audiência reflete o sucesso da personagem.

A Sílvia não é má. Ela é cruel! Ela pisa em cima e ainda cospe. Um verdadeiro espetáculo para os noveleiros de plantão. Novela tem que ter vilão. Tem que ter ação. E tem que ter texto inteligente também. As cenas da Alinne estão repletas disso. O Aguinaldo está sabendo conduzir a personagem e promete para ela um final nunca visto antes para uma vilã. Quem viver, verá!

Mudando de assunto...

Você assistia "Rubi"? Uma das melhores novelas mexicanas já apresentadas pelo SBT! A bela Bárbara Mori interpretou a vilã-título, onde se dividia entre o sonho da riqueza e o amor. O primeiro estava no plano que ela tinha de roubar o noivo de sua amiga, Maribel (Jacqueline Bracamontes). Segundo, ao lado de Alessandro (Eduardo Santamarina), um médico que estava no início da carreira. Outras tramas paralelas conduziam a história, ambientadas tanto na Cidade do México como em Cancún. Destaque para frase da mãe de Rubi, logo nos primeiros capítulos: "Você pensa que por ser linda merece tudo!" e para a última cena do penúltimo capítulo, onde Rubi percebe que teve uma perna amputada.

Lucas Andrade é natural do interior do Rio Grande do Sul e reside atualmente em Santa Catarina. Escreve sobre televisão desde o Ensino Médio no #BlogCascudeando. Formado em Psicologia e com Mestrado em Educação, atua na área e está cursando Letras-Português. Ainda pretende ganhar o Nobel de Literatura e um Oscar.