10 anos do Canal Viva

18/05/2020

Logotipo da emissora de TV
Logotipo da emissora de TV

O sonho de muitos noveleiros virou realidade em 2010. A expectativa para que o Grupo Globo tivesse um espaço para a reprise de grandes sucessos chegava ao fim. Muitos noveleiros comemoram a novidade. As primeiras novelas a darem as caras no canal foram um deleite aos saudosistas: "Quatro por quatro" (1994) e "Por amor" (1997) tiveram o primeiro capítulo apresentado no dia seguinte à inauguração: 19 de maio de 2010. Em outubro daquele ano, o resgate de um dos maiores sucessos de todos os tempos da teledramaturgia nacional: "Vale tudo" (1988). Com três horários destinados a reapresentação de novelas produzidas originalmente pela Rede Globo, criou-se toda uma expectativa em cima das reprises que o Canal Viva iria trazer.

Embora algumas surpresas tenham acontecido desde a inauguração do canal no que se refere às novelas, como cancelamento de reprises anunciadas ("Pecado capital" de 1998 e "Ti ti ti" de 1985), tesouras em obras no decorrer de sua exibição ("Bebê a bordo", de 1988) e até mesmo a escolha de novelas através de enquetes (Para exemplificar, o público pôde escolher em 2013 entre "Água viva" (1980), "O dono do mundo" (1991), "Fera ferida" (1993) e "A indomada" (1997) a substituta de "Rainha da sucata" (1990) ), o que mais chama atenção é a torcida que os fãs de dramaturgia fazem nas redes sociais quando o assunto é especular sobre uma reprise.

Muito se fala que o Viva tem resgatado somente novelas recentes. Mas isto é um engano. Vamos analisar: em sua estreia, o canal estreou novelas que tinham cerca de 13 anos ("Por amor") e 16 anos ("Quatro por quatro"). "Vale tudo", de 1988, tinha 22 anos na época. Atualmente, o canal exibe: "Chocolate com pimenta", produzida em 2003 (17 anos!), "O clone", produzida em 2001 (19 anos!!) e "Brega & chique", produzida em 1987 (33 anos!!!). Ou seja, as três atrações são mais "idosas" que as novelas exibidas por ocasião da inauguração do canal. Então não se pode dizer que o canal exibe apenas novelas recentes. É importante percebermos que o tempo está voando. Talvez essa impressão esteja relacionada à qualidade de imagem das novelas produzidas a partir da década de 2000. Basta um pequeno exercício para lembrarmos que novelas em alta definição estão aí desde 2007, ou seja, 13 anos! E é óbvio que estas logo logo vão aparecer por lá!

Vamos a algumas curiosidades sobre as novelas que já passaram pelo Viva?

- As primeiras exibições de novelas aconteciam de segunda a sexta-feira. "Água viva" (1980) foi a primeira novela a ser exibida também aos sábados.

- Até o momento, foram exibidas 47 novelas, desconsiderando "Caça-talentos".

- Foram exibidas 25 novelas exibidas originalmente às 20h, 8 novelas exibidas originalmente às 19h e 14 novelas exibidas originalmente às 18h. 

- "Vale tudo" (1988) e "Por amor" (1997) foram as duas primeiras novelas que tiveram re-reprise.

- "Estrela-guia" (2001) foi exibida em um horário especial.

- Aguinaldo Silva e Manoel Carlos dividem o posto de autores mais reprisados no "Viva": 6 obras, considerando as novelas em que foram co-autores.

- Em relação aos demais autores, e também considerando a co-autoria, segue o número de novelas: Benedito Ruy Barbosa, Ricardo Linhares e Ana Maria Moretzsohn (4), Gilberto Braga, Sílvio de Abreu e Walther Negrão (4), Cassiano Gabus Mendes, Ivani Ribeiro e Glória Perez (3), Antônio Calmon, Carlos Lombardi e Walcyr Carrasco (2), e Dias Gomes, Eloy Araújo, Janete Clair, Leonor Bassères, Maria Adelaide Amaral e Mário Teixeira e Regina Braga (1).

- Janete Clair nunca foi reexibida no "Vale a pena ver de novo". Mas o Canal Viva resgatou "Pai herói" (1979) e o remake de "Selva de pedra" (1986), assinado por Regina Braga e Eloy Araújo.

- A primeira novela exibida no Canal Viva que não teve reapresentação no "Vale a pena ver de novo" foi "Que rei sou eu?" (1987), que foi reprisada na Globo pouco mais de um mês após seu término, na antiga "Sessão aventura".

- A novela mais antiga reapresentada no Canal Viva foi "Dancin' Days", de 1978. Mas a novela que demorou mais tempo para ser reapresentada foi "Pai herói", exibida em 1979, mas exibida 37 anos depois, em 2016.

- Foram exibidas 2 novelas da década de 1970, 14 da década de 1980, 24 da década de 1990 e 7 dos anos 2000.

- Após terem sido reapresentadas no Canal Viva, as novelas "Anjo mau" (1997) e "Por amor" (1997) foram exibidas novamente na Globo, no "Vale a pena ver de novo".

 - "Mulheres apaixonadas" (2003) já está confirmada como substituta de "O clone" (2001).

Foto: Renato Rocha Miranda/TV Globo
Foto: Renato Rocha Miranda/TV Globo

Graças ao Viva, pude acompanhar algumas novelas na íntegra: "Rainha da sucata" (1990), "Felicidade" (1991), "A viagem" (1994), "Explode coração" (1995), "O cravo e a rosa" (2001). Na verdade, me falta tempo pra ver tudo o que tenho vontade... Qual será a minha próxima atração no Canal Viva?

Respondendo ao comentário:

- Você está certo, Jorge! Obrigado!!!

Lucas Andrade é natural do interior do Rio Grande do Sul e reside atualmente em Santa Catarina. Escreve sobre televisão desde o Ensino Médio no #BlogCascudeando. Formado em Psicologia e com Mestrado em Educação, atua na área e está cursando Letras-Português. Ainda pretende ganhar o Nobel de Literatura e um Oscar.