Ano novo nada novo

17/12/2007

Fonte: Google
Fonte: Google

Mais um final de ano chega e em nossas conversas informais sempre surge a expressão: "credo, já estamos no final de ano!". E por muitas vezes, o monopólio da Globo entra em cena na conversa da seguinte forma: "já está dando na TV o comercial do show do Roberto Carlos! Parece que foi ontem!". E parece mesmo. Todo final de ano da Globo é a mesma coisa: vinheta, RC entregando rosas para os artistas da emissora, filmes que são anunciados em março mas só exibidos em dezembro, os "melhores do ano (da Globo)" no Faustão, "Vídeo Show Retrô", novos pilotos, ressurreição de pilotos e me perdoem se esqueci de alguma das atrações.

Alguns canais realizam, ainda, a "Retrospectiva do ano", bem como os blogs de TV. No primeiro, reveremos a queda do metrô de São Paulo, a queda do avião da Tam, a queda da Constituição Venezuelana... Já nos blogs e sites de TV, a queda da audiência do SBT, a queda da audiência das novelas da Globo, a queda do Corinthians... quer dizer, o tempo passa, o tempo voa e a Poupança Bamerindus tá na boa! Mas daqui alguns anos, provavelmente algumas dessas quedas não serão tão históricas como a queda do muro de Berlim.

Temos ainda a famosa corrida de São Silvestre no último dia do ano. Pra variar, quenianos chegam ao Brasil para disputar a maratona. Ou seja, não existe mais novidades para o mês de dezembro... Quer dizer, existe sim: desta vez, Papai Noel não vai entregar seus presentes. Vai leiloá-los! E ganha quem der o melhor lance único! Vide SBT para mais informações acerca desse Papai Noel unha de fome.

E juntando a fome com a vontade de comer, literalmente, chegamos ao "Show da virada", gravado dias antes, picotado e adaptado para o horário da meia-noite. E o pessoal do churrasco (pelo menos aqui no Rio Grande do Sul) se abraça dizendo "feliz ano novo". Isso até me lembra o conto de Rubem Fonseca, no qual os uns marginais cometem horrores na festa de Réveillon. Mas isso não vem ao caso. O importante é que, enquanto a emissora carioca exibe os fogos de artifício de Copacabana, o novo ano chega. E pra quem gosta, o SBT sempre exibe pelas duas da manhã o filme do Nostradamus. Eis a tradição na TV brasileira nessa época.

Mudando de assunto...

Maria Paula (Marjorie Estiano) e Marconi Ferraço (Dalton Vigh) se encontram nas proximidades do natal em "Duas caras". Ela vai apontar seu indicador na cara do homem que a roubou e dizer a todos, em plena festa do empresário, de onde veio o dinheiro dele. Com isso, Sílvia (Alinne Moraes), que já estará mostrando suas garras, inicia sua saga de vilã. Quer dizer, quem era pra ser vilão, ou seja, o personagem do Dalton, vai acabar ficando de lado. Mas como vai se desenrolar a história? Marconi ficará bonzinho e será feliz com Maria Paula? Vamos aguardar os próximos capítulos.