As reprises da Globo

31/03/2008

Foto: Gianne de Carvalho/TV Globo
Foto: Gianne de Carvalho/TV Globo

Há alguns anos, a frase "Segunda, (nome da reprise), um grande sucesso de volta em 'Vale a pena ver de novo' " movimenta discussões entre fanáticos por TV. "Sucesso? Que sucesso?" - perguntam alguns. "Hum... de novo?" - perguntam outros. "Vou assistir!" - esses mesmos outros após o final da vinheta da reprise. Sem contar que toda essa agitação envolvendo a sessão de reprises da Globo inicia antes mesmo do anúncio oficial da emissora: "Quando terminar (reprise atual) podia vim (especulação da próxima reprise, de preferência, uma novela das oito)."

Desde a reapresentação da novela "Dona Xepa", em 1980, temos a tradicional "novela das duas". Sempre são anunciadas como "grande sucesso", o que nem sempre é verdade. Durante esses quase trinta anos de "Vale a pena...", tivemos curingas e também decepções. Mas uma coisa sempre tivemos: opiniões. Sempre tem um cidadão inconformado com o anúncio da nova reprise e sempre tem outro que ama a volta da novela tal que tinha música tal na abertura que tinha personagem tal e por aí vai.

Nos últimos anos, as novelas na Globo se tornaram previsíveis, o que fez a audiência da emissora cair, principalmente nos horários das seis e das sete. Agregado a isso temos a classificação dos programas. Com essa classificação, as novelas das oito (em geral, reais sucessos) recebem um selo determinando conteúdo impróprio para menores de catorze anos (na maioria das vezes). Com isso, torna-se inviável suas reprises, já que 14h30min é horário livre.

"Laços de família", em 2005, foi a última novela das oito a ser reprisada. Sofreu diversos cortes, mas nada que se compare com "Era uma vez...", que tinha classificação livre, mas foi picotada para ser substituída por "Da cor do pecado". Sua trama encerrou com a mesma repercussão que na transmissão original. Sexta, a história de Clara (Helena Ranaldi) e Edu (Fábio Assunção) chega a seu fim porque a Zuca (Vanessa Giácomo) tá voltando! Cabocla foi uma ótima novela e vale a pena ver de novo. Mas muita gente ainda vai reclamar dizendo: "Tá, mas e 'O Clone‛, quando vão reprisar?".

Mudando de assunto...

O SBT está com baixos índices de ibope! Isso acontece tanto no período da tarde como no da noite. Aliás, é de noite que tudo se complica pro lado da Anhanguera, onde a emissora fica com números muito baixos em horário nobre. Os domingos são a salvação para o SBT, quando entram em cena os programas do tio Sílvio, o Domingo Legal e os filmes. Enquanto isso, a Record bate recordes de audiência durante a semana no horário nobre.