Cobras & lagartos - Um balanço geral

13/11/2006

Fonte: Reprodução
Fonte: Reprodução

Trama inicial - Eu, pelo menos, não entendi nada. No início, dava a impressão de que o Estevão (Henri Castelli) era filho de Omar Pasquim (Francisco Cuoco) e, do nada, surge o Luciano (Carmo Dalla Vechia) para ocupar esse lugar numa trama completamente louca.

Trama intermediária - Sem dúvida, melhorou mil por cento, principalmente depois que Foguinho (Lázaro Ramos) ficou com a Luxus. Entretanto, o núcleo da família de dona Eva (Eliane Giardini) era substituível por qualquer merchan.

Trama final - Fica por bom, embora a ideia maluca do autor de adiantar um ano na história tenha sido uma artimanha para enganar o público, visto que ele já não tinha mais nada o que escrever.

Abertura - A música "Alô, alô, Marciano" na voz de Elis Regina era suficiente para denotar o nome da trama. Além disso, o contraste entre pobres e ricos no clipe diário foi muito bem pensado.

PIORES E MELHORES

Pior ator: Henri Castelli (Estevão) - Não adianta, nem como J.J. de "Como uma onda", nem como Pedro de "Belíssima".

Pior atriz: Mariana Ximenes (Bel) - Eu estava em dúvida entre a protagonista e a dona Eva, mas resolvi optar pela personagem mais ingênua da história da novela brasileira. Sua interpretação foi como a da Priscila Fantin em "Alma gêmea": completamente inocente.

Melhor ator: Lázaro Ramos (Foguinho) - Excluindo as cenas idiotas em que ele queria contar ao Duda (Daniel de Oliveira) que havia roubado sua herança, destacou-se em sua primeira novela e, mais que isso, convencia!

Melhor atriz: Marília Pêra (Milú) - Foi fantástica, roubava a cena e, sem dúvida nenhuma, deu um show de interpretação.

Notas rápidas

- O "Ver para crer" do SBT voltou antecedendo o "Ataque de risos";

- Amanhã estreia "Paixões proibidas" na Band;

- O Faustão está promovendo os "Melhores do ano", que deveria se chamar "Melhores globais"...

Mudando de assunto...

Teremos substituições em "Pé na jaca". Luana Piovani desistiu de integrar o elenco da novela das sete de última hora e Flávia Alessandra foi escalada. Além dela, Arlete Salles entrou na trama substituindo a atriz Nair Bello, devido seu estado de saúde.

Se é pra cascudear, tá cascudeado!