E depois de #Saramandaia?

22/09/2013

Fonte: Reprodução
Fonte: Reprodução

Essa semana chega ao fim "Saramandaia". O remake da trama de Dias Gomes assinado por Ricardo Linhares não alcançou o sucesso das novelas anteriores no horário, "O astro" e "Gabriela". Mas foi uma grata surpresa no reino da teledramaturgia. Há tempos o realismo fantástico não dava as caras na Globo e, por isso, ninguém melhor que Ricardo Linhares para revisitar a obra.

Não preciso citar as qualidades do folhetim. "Saramandaia" reuniu um ótimo elenco, ótimos efeitos visuais e especiais e uma direção segura de Denise Saraceni. Atores de renome puderam viver personagens que ficaram no imaginário popular. Com o tempo de duração reduzido, a novela pôde trabalhar bem suas tramas.

Com o fim de "Saramandaia", fica a dúvida: o horário das 23 horas vai seguir? Diversos sites anunciaram que "O semideus" deveria ser adaptado por Maria Adelaide Amaral. Será? Também pipocaram rumores de que Lícia Manzo deve escrever uma novela inédita no horário, isso sem falar nas conversas de sempre: "Tieta" e "Dancin' days".

O fato é que diante do desempenho de "Saramandaia", não se pode dizer com certeza que a faixa será revisitada no próximo ano. Esperamos que sim, pois o horário permite mais liberdade de criação. Porém, se há tantas sinopses e autores na Globo, e grandes filas nos outros horários, porque a emissora não dá jeito de diminuir o tamanho de suas novelas e fazer produtos mais enxutos como "Saramandaia"?

Mudando de assunto: "Aqui agora", "Boletim de Ocorrências", "SBT Notícias"... A grade voadora do SBT chegou ao seu ápice! Hoje estreia um jornal policial na faixa das 18h. Mais uma vez, a emissora aposta no filão. Porém, já sabemos que com a concorrência da Record e da Band, vai ser difícil dar conta do recado. Numa dessas, o jornal é cancelado antes mesmo de estrear e o "Chaves" vai dar as caras pra variar...