Estreia totalmente correta #TotalmenteDemais

10/11/2015

Foto: Destination NSW
Foto: Destination NSW

A Globo exibiu ontem o primeiro capítulo de sua aposta para o horário das sete. #TotalmenteDemais é a história da Cinderela que conhece seu príncipe encantado e o resto vocês já sabem... O final deve ser feliz e a audiência garantida, vide a repercussão da personagem Cida (Isabelle Drummond) em #CheiasDeCharme, grande sucesso do horário e que bebeu da mesma fonte.

No primeiro capítulo, vimos uma continuação do capítulo zero já transmitido pela internet, além de uma Vivianne Pasmanter linda! Também uma Juliana Paes um pouco equivocada, na minha humilde opinião. Além disso, vimos também uma Samantha Schmutz muito a vontade, um Hélio de la Peña como ator de novela (!) e o carisma de Felipe Simas. Marina Ruy Barbosa, por sua vez, estava correta e deve crescer bastante.

Logo nas primeiras cenas, me chamou atenção aquele esporte praticado pelo Arthur (Fábio Assunção) e toda a preparação da Carolina para entrar em cena. Foram poucos minutos, mais para a apresentação dos personagens. No entanto, o que eu questiono - especialmente no caso da cena do Fábio Assunção - é a necessidade de prezar tanto pela estética. Sim, porque eu duvido que o seu personagem vá fazer da canoagem algo relevante para conduzir seu personagem. Mostrou que ele é um boa vida, tudo bem... Mas em termos de história, convenhamos que é vazio de sentido, não passando de uma perfumaria para primeiro capítulo.

No fim das contas, acho que deu pra perceber que se trata de uma típica novela das sete, despretensiosa (a Globo não ousa no horário há três novelas seguidas e a próxima deve seguir a mesma linha) e que terá a missão de, no mínimo, segurar o ibope nesse final de ano. Se der conta do recado, passa o Natal e Ano Novo sem grandes sustos.

Lucas Andrade é natural do interior do Rio Grande do Sul e reside atualmente em Santa Catarina. Escreve sobre televisão desde o Ensino Médio no #BlogCascudeando. Formado em Psicologia e com Mestrado em Educação, atua na área e está cursando Letras-Português. Ainda pretende ganhar o Nobel de Literatura e um Oscar.