Finalmente, a revelação!

08/12/2008

Fonte: Reprodução
Fonte: Reprodução

Depois de quase um ano desde o término de "Amigas e rivais", o SBT finalmente estreia uma nova produção nacional. O destaque é que o texto de "Revelação" não é mexicano. O SBT retorna com altos investimentos de dramaturgia e com um novo nome na praça: Íris Abravanel.

A autora de "Revelação" teve a coragem de mobilizar o pessoal da Anhanguera em busca de dar vida à cidade cenográfica da emissora. Perguntou a Sílvio Santos se ele lhe daria a chance de escrever e, com a resposta positiva, trabalhou sem o apoio do marido num projeto audacioso para os padrões do SBT.

Colocar "Revelação" no ar não foi fácil. Primeiro, o impasse da emissora de Sílvio Santos com a Televisa. Depois, foram os equipamentos digitais. Feitas as viagens à Europa, começaram as gravações em estúdio. Para esquentar o horário da novela, reprisou-se "Pantanal". E para colocar a novela no ar... em que horário? Uma verdadeira incógnita. Sem contar com a ameaça de greve dos atores por conta da demora do lançamento. Foi uma novela nos bastidores da novela.

Hoje, após "Pantanal", que teve seu horário alterado, estreia finalmente a novela "Revelação". Temas como corrupção e tráfico de drogas estão na pauta. Se der metade de ibope do que Juma e Jove dão atualmente, Íris se considera feliz. Vamos torcer por sua felicidade e assistir a aposta do SBT para 2009.

Mudando de assunto...

Você lembra de "O amor está no ar"? Com uma estreia de 38 pontos de ibope, a novela poderia ter sido um grande sucesso do horário das seis. Entretanto, sua média foi de 26 pontos. Por conta do baixo ibope, a trama teve somente 137 capítulos. Apesar disso, foi bem produzida e com uma história interessante, contando com um triângulo amoroso envolvendo mãe e filha, além de temas como judaismo, circo e ufologia. O curioso é que ela esteve entre dois anjos: sua antecessora foi "Anjo de mim" e a substituta "Anjo mau".