Há sete anos estreava #AmoresRoubados

06/01/2021
Foto: Divulgação/TV Globo
Foto: Divulgação/TV Globo

Parece que foi ontem, mas já são sete anos desde a estreia de "Amores roubados". Lembro bem da comoção que foi o último capítulo no twitter. Foram muitas as reações de surpresa com o desfecho dos personagens da minissérie.

Assinada por George Moura e baseada na obra "A Emparedada da Rua Nova", de Carneiro Vilela, a trama foi muito bem recebida por público e crítica. Em seus dez capítulos, mistério e ousadia envolvendo Leandro (Cauã Reymond), um Don Juan nordestino que seduzia várias mulheres.

No elenco, o elenco se destacou. Ísis Valverde (Antônia), Murilo Benício (Jaime), Patrícia Pillar (Isabel), Cássia Kiss (Carolina), Osmar Prado (Roberto Cavalcanti) e Jesuíta Barbosa (Fortunato) defenderam muito bem seus personagens. Mas foi Dira Paes (Celeste) que, sem dúvida, chamou a atenção com uma personagem que esbanjava sensualidade.

Disponível no Globoplay, a minissérie dirigida por José Luiz Villamarim foi adaptada pela Telemundo em 1019. Jogar con fuego também pode ser acessada pelo serviço de streaming da Globo e conta no elenco com Margarita Rosa de Francisco, a eterna Gaivota de "Café com aroma de mulher".