Infantil impróprio for kids

26/11/2007

Fonte: Reprodução
Fonte: Reprodução

Uma das maiores audiências do SBT vive dificuldades para se manter no horário. Trata-se do anime Naruto, que desde julho deste ano, vem registrando bons índices de audiência nas manhãs do SBT. O desenho mostra a saga de Naruto, que é visto até mesmo por seus familiares como um demônio. Além disso, sonha em ser ninja para que suas habilidades sejam reconhecidas pelos demais.

Juntamente com o desenho, o programa "Bom dia & cia" apresentado pelo Yudi e pela Priscila recebeu, desde o final de setembro, selo de classificação 10 anos. O paradoxo é que até crianças de 3 anos ligam para ganhar um Playstation! Mas empecilho mesmo é o Ministério da Justiça querer classificar o desenho como impróprio para menores de 12 anos por conta de "cenas violentas" e, segundo essa classificação, Naruto deveria ser apresentado somente após às 20h. Isto está fazendo o SBT exercitar sua arte de cortar programas pela metade para que o desenho permaneça na grade de programação. Por conta desses cortes, percebe-se diferenças entre o Naruto apresentado no SBT e no Cartoon Network.

Na França, a classificação 10 anos permite que o anime seja apresentado sem censura (e não é o programa da Leda Nagle). No Japão, às 17h30min tem Naruto na TV! E, cá entre nós, nenhuma criança com menos de 12 anos no Brasil vai dormir às 20h!

Sendo que a TV deve seguir classificação indicativa, é importante que seja respeitada. Particularmente, sou do tempo que o "Pica-Pau" era do SBT (e não havi  tantas polêmicas quanto ao horário de um desenho animado). O negócio é o seguinte: se as criancinhas do Piaget querem assistir Naruto, não será o horário que as impedirá. Quem deverá impedir são os responsáveis. E se não quiserem, tem o "Pingu" na TV Cultura - que eu também adoro!

Mudando de assunto...

Em seu blog, Aguinaldo Silva disse que recebeu ameaças de morte e ficou com medo de não concluir a novela por conta da "polêmica" que a trama vem causando. Com isso, sua equipe de colaboradores assume a novela por poucas semanas. Com isso (ou apesar disso, sei lá), a produção de "Karma" está se agilizando. A trama de João Emanuel Carneiro contará a história de duas amigas, vividas, inicialmente, por Cláudia Raia e Patrícia Pillar. A novela se passará em Brasília e no elenco estão, ainda, Taís Araújo, José Mayer, Mariana Ximenes e Lília Cabral.