Lá vem o Benedito...

29/09/2015

Fonte: Reprodução
Fonte: Reprodução

Desde que o mundo é mundo, ou seja, antes mesmo do Big Bang Brasil, a Globo tem deixado o Velho Chico de lado. Procrastinou, procrastinou e até agora... Cadê o velho?

Foram anos, décadas, séculos e milênios com uma sinopse de Benedito Ruy Barbosa na manga. Finda a "Esperança", o autor faz "Cabocla", "Sinhá Moça", "Paraíso" e "Meu pedacinho de chão" no horário das seis. Todas ótimas novelas, diga-se. E então, com o remake de "O rei do gado" bombando nas tardes da emissora, Benedito está em alta. Teve boatos que ele estava na pior, mas na verdade ele estava numa ótima... Ideias fresquinhas na cabeça, entre elas a vontade de retornar triunfante ao horário nobre.

Eis que a Globo diz que não... "Velho Chico" às 21h? Nem pensar... Vamos de novelas urbanas, violentas, mostrar em dramaturgia uma realidade, mas sem compromisso com a realidade, diga-se. E os remakes vão surgindo e o velho fica à espera pelo fim da espera. Horário das 23h é inaugurado e esta pode ser a oportunidade... Mas porque confiar numa trama rural, nordestina, com a possibilidade de ser dirigida por Luiz Fernando Carvalho, tão incompreendido por muitos?

Eis que finalmente a Globo pensa: "Tá bom, se quer, usa o horário das 18h!". As notícias pipocam na internet, mas a ideia de exibir o velho nesse horário não parece consistente. Seria uma novela das 21h exibida mais cedo? Teria um reconhecimento merecido? Ou sua exibição no horário das 18h seria apenas para sair do papel a história que existe desde que a primeira gota d'água emergiu da nascente do São Francisco?

Fila para o horário das seis pronta, vamos exibir logo... Mas só depois que passar um tal de "Trem bom", que por sinal já subiu temporariamente pro telhado. Vamos exibir, mas só depois que um tal de Candinho, matuto como só ele pode ser, chegar na cidade e soltar no caipirês um "Êta mundo bom!" ao ver a selva de pedra que vai ser seu tormento. Tormento esse que afugentou tantos telespectadores do horário nobre, cansados dos concretos do eixo Rio-São Paulo.

Mas então... Quando virá o "Velho Chico"? Quando? Haveria mais alguma mudança de planos? Sim! E quem diria que seria a mudança mais sensata? O velho volta para o horário nobre depois de tantos anos fora. Velho? Que nada! Jovem! Doido para escrever uma novela que há tempos a Globo insiste em deixar de lado. Doido para emocionar os telespectadores sedentos por uma história simples. Uma sede que só o "Velho Chico" dá conta...

Atualização quase cinco anos depois: 11/09/2020

Quem diria que Benedito Ruy Barbosa voltaria para o horário das 21h após #VelhoChico? Enquanto muito se ventilava que as suas filhas e o seu neto estariam trabalhando na adaptação para o horário das 18h de "O arroz de Palma", de Francisco Azevedo (há tempos se fala da novela e nunca se define nada sobre a produção), eis que a Rede Globo tira da manga a produção do remake da novela "Pantanal", sucesso da Manchete. A  trama está cotada para o horário das 21h. A internet ficou enlouquecida, pois já especula quem será a nova Juma Marruá. Quem será a atriz escolhida para viver a mulher que se transforma em onça?

Lucas Andrade é natural do interior do Rio Grande do Sul e reside atualmente em Santa Catarina. Escreve sobre televisão desde o Ensino Médio no #BlogCascudeando. Formado em Psicologia e com Mestrado em Educação, atua na área e está cursando Letras-Português. Ainda pretende ganhar o Nobel de Literatura e um Oscar.