Letras, sílabas, palavras, parágrafos sem destino (Parte 2)

08/03/2010

Fonte: Reprodução
Fonte: Reprodução

"Caras & bocas" terminou. Entram tempos difíceis com os tempos modernos. A novela traz uma temática interessante e o mais interessante é que todo mundo quer mudança nas novelas. Mas quando muda, o público se assusta e vira purpurina. Prova disso é que a trama de Bosco Brasil ainda não emplacou. Talvez pelo fato de a história acabar por ser corriqueira, apesar das inovações (o par romântico pensa ser irmão e esse fio conduz boa parte da trama). Algumas piadas acabam por não estarem adequadas ao que o público espera e, cá entre nós, terceiro reino do Antônio Fagundes! Aposto que é coisa de seu Aguinaldo Silva, que deve ter sugerido pro Bosco Brasil que Leal Cordeiro fosse o rei do Titã. "Porto dos Milagres", "Duas caras" e agora, "Tempos modernos". É a triologia dos reinos do Fagundes!

Como citei o véu de noiva que a tia Íris estava vendendo na novela, chega a hora de pensar um pouco na TVS. Tiago Santiago foi para o SBT e chegou a hora de mostrar serviço. Alguns bônus (mais que os da Vivo) estão em jogo no salário do novelista, dependendo da audiência de "Uma rosa com amor", adaptação do texto do Vicente Sesso. Só resta saber se seus personagens serão superinteligentes, que conhecem sobre os assuntos que variam de métodos anticoncepcionais a física quântica, passando pela definição a partir do DSM 4 sobre espectro bipolar!

Se você parar pra analisar, estou tentando fazer um apanhado de tudo ao mesmo tempo, agora (eu sei que escrevi o slogan de lançamento de "Tempos modernos"). Falando em "Tempos modernos", preciso dizer como acho divertida a parte que a empregada faz um som no final da abertura da novela junto a alguns jovens!!! Ih... afinal, quem matou Albano (Guilherme Weber)? E afinal, porque a Nelinha (Fernanda Vasconcellos) é tão chata? E afinal, por que você não assiste a novela e não tá nem aí pra esse parágrafo???

Continua...