Páginas da vida - Um balanço geral

05/03/2007

Fonte: Reprodução
Fonte: Reprodução

A trama de Manoel Carlos atingiu bons índices de ibope para a Rede Globo. Entretanto, apesar de algumas cenas emocionantes (tal qual a do último capítulo, na qual Alex (Marcos Caruso) pede que Nanda (Fernanda Vasconcelos) apareça para ele uma última vez), não foi ágil o suficiente a nível de novela das oito que começa às 21h. Diversas situações e personagens poderiam ser excluídas. No "Vale a pena ver de novo", a trama pode ter só um mês!!! Sua abertura da trama era parecida com "Laços de família", logo tipo "Presença de anita", velocidade da trama como de "Mulheres apaixonadas", a Helena de "História de amor" e "Por amor", diretor de "A casa das sete mulheres" (Barbaridade, tchê!)... O que mais querem que eu fale?

MELHORES, PIORES & ETC

Melhor ator: Marcos Caruso - Emocionou muito mais que a Regina Duarte (Helena)!

Melhor atriz: Lília Cabral (Marta) - Superou todas e todos!

Pior ator: Rafael Almeida (Luciano) - Sem comentários... Ele que vá dormir!

Pior atriz: Ana Paula Arósio (Olívia) - Não me convenceu naquele papel...

Nota da abertura: 8,0 - Não gosto muito de música instrumental em aberturas...

Melhor trama: Os filhos da Nanda.

Pior trama: Luciano e Giselle (Pérola Faria).

Última frase da novela: "Positivo", dita por Thelminha (Grazielli Massafera).

Se é pra cascudear, tá cascudeado!