Personagens misteriosos

25/07/2011

Fonte: Reprodução
Fonte: Reprodução

Muitas vezes, os autores de novela criam personagens misteriosos para atrair repercussão. Às vezes, é um assassino misterioso que movimenta a novela com um crime. Mestre no quesito? Gilberto Braga, que adora utilizar esse recurso. Muitos foram os assassinos misteriosos em suas tramas que deram cabo na vida de personagens como Odete Roitman (Beatriz Segall), Henrique Sobral (Reginaldo Faria) e Lineu Vasconcellos (Hugo Carvana).

Outras vezes, um personagem misterioso participa da trama de forma ativa, mas com a identidade preservada até o momento exato da revelação. Falando em revelação, o ator/diretor Henrique Martins movimentou a primeira novela de Íris Abravanel ao dar ordens de um apartamento em São Paulo. "Cama de gato" de Duca Rachid e Thelma Guedes também usou do recurso do personagem misterioso: Domênico (Jorge Cerrutti) era o misterioso personagem que mantinha contato com Kátia (Nivea Stelmann). Outro mistério era quem falava ao celular com André Santana (Marcello Antony), pois esta pessoa seguramente estaria por trás de toda a trama de "Belíssima". Tratava-se de Medeiros (Ítalo Rossi), sob orientação da vilã Bia Falcão (Fernanda Montenegro).

A Record também utiliza do recurso de personagens misteriosos em suas novelas. O incendiário de "Chamas da vida" e o guri de "Poder paralelo" mostram que Cristiane Fridmann e Lauro César Muniz também não dispensam esse recurso. Se bem elaborado, foge do clichê mesmo sendo clichê.

Personagens misteriosos também fazem parte do universo do autor Aguinaldo Silva. Em suas tramas regionalistas, não faltou Lobisomem (Roque Santeiro), Mulher de Branco (Tieta) e Estrangulador de Piranhas (Duas caras). Um dos personagens misteriosos que mais repercutiu no universo deste autor foi o Cadeirudo, seguramente. Até hoje, muita gente recorda com saudosismo de toda a atmosfera que a lua cheia proporcionava em Greenville, atiçando a curiosidade de todo o país durante a exibição de "A indomada". Uns dois ou três capítulos antes do gran finale, eis que o mistério do cadeirudo é resolvido: não se tratava de um homem que atacava as mulheres, mas sim de Maria de Lourdes, personagem de Sônia de Paula. Sem dúvida, uma das maiores surpresas na teledramaturgia nacional, tendo em vista que os spoilers não se espalhavam como rastilho de pólvora em 1997.

Na próxima novela das nove, "Fina estampa", o mesmo Aguinaldo Silva traz um personagem misterioso: o namorado de Crô Valério (Marcelo Serrado). O mesmo terá uma tatuagem de escorpião e esta será a única pista acerca de sua identidade (o cadeirudo usava óleo de amêndoas, lembram?). Vem personagem misterioso por aí na nova novela das nove! E eu espero que o autor nos surpreenda como fez há 14 anos atrás!!!