Se usarem meu nome, exijo retratação formal!

18/07/2013

Fonte: Google
Fonte: Google

Estava pensnado... Será que eu posso contestar a forma como meu nome é usado na dramaturgia?

Em "O clone", o personagem de Murilo Benício se chamava Lucas. Lucas era um bobalhão apaixonado por Jade (Giovanna Antonelli), incapaz de revidar o pai. Fraco, inseguro, deixava-se manipular por Maysa (Daniela Escobar), que usava a dependência da filha Mel (Débora Falabella) como desculpa para mantê-lo ao seu lado e impedi-lo de viver sua história de amor com Jade. Isso significa, portanto, que eu, junto com todos os Lucas do universo, fomos retratados como bobalhões, fracos, inseguros, manipuláveis. Até hoje eu não havia percebido que o fato de eu ver um Lucas na televisão com tais características significava que todos os Lucas possuem as mesmas características e que, portanto, eu também sou assim! Mas peraí... Eu não me considero tão bobalhão, nem tão fraco, nem tão inseguro e nem tão manipulável. Com isso, posso pensar um pouquinho mais e chegar a conclusão de que a Rede Globo durante a exibição da novela "O clone" estava legitimando todos esses predicados como características imprescindíveis na personalidade de todos os Lucas do universo! Por isso, eu exijo retratação! É um absurdo sentar no sofá para assistir uma novela e ver meu nome sendo aniquilado!

Agora, convido você! Sim, você! Independente do seu nome, convido você que se sente ofendido por vê-lo sendo usado por um personagem politicamente incorreto ou que, como eu, entra numa crise existencial ao encontrar características que não são suas aplicadas em personagens apresentados em teledramaturgia de maneira equivocada. Todos os Lucas que não aceitarem a personalidade do Lucas interpretado pelo Murilo Benício na novela "O clone" devem se rebelar! E se isso acontecer, vamos tomar as ruas e protestar! Quero os Lucas, Carmens Lúcias, Félix, Floras, Lauras, Olavos, Odetes e quem mais que se sinta ofendido pela forma como foi retratado em teledramaturgia!

Mudando de assunto: Hoje quero fazer propaganda de uma série francesa chamada #LesRevenants. Baseada no filme homônimo, a narrativa é um deleite para os mais exigentes. Na trama, pessoas mortas retornam, sem nenhuma explicação, para retomar suas vidas junto aos familiares. Mas o tempo passou e a configuração que encontram é muito diferente do esperado. Que venha uma segunda temporada!!!