Sem paciência pro #TheVoiceBrasil

03/12/2013

Foto: Alex Carvalho/TV Globo
Foto: Alex Carvalho/TV Globo

Quando eu era criança (um pouco mais do que hoje), adorava assistir ao "Show de Calouros" do SBT. Não me perguntem o que eu achava daquilo porque não faço ideia. Lembro que era o programa do sábado de tarde. Não sei por quanto tempo durou nesse horário, mas eu assistia assiduamente.

Como uma pessoa que gostava tanto de programas onde se apresentavam aspirantes a cantores, de uma hora pra outra, não consegue se render ao "The Voice Brasil"? Todo mundo fala da atração. No twitter fica todo mundo enlouquecido. As pessoas comentam na rua. Mas eu não me rendi... Não sei se é porque a TV já apresentou trocentos formatos desse tipo de competição...

Mas não é só sobre o "The Voice Brasil" que quero falar. Na verdade, eu quero pensar um pouquinho mais sobre o programa. Todo mundo comenta, todo mundo acha lindo ouvir as vozes, votam, ficam na torcida. Sei lá, queria que tivéssemos um Adam Levine ou uma Shakira pra fazer o país todo vibrar numa mesma frequência.

Sei que há vozes lindas e que há tempos buscam seu lugar ao sol com letras indefectíveis. Infelizmente, muitas são deixadas de lado para que alguns estilos musicais prevaleçam. Todo mundo elogia a performance de vozes incríveis, mas em geral, as pessoas não continuam ouvindo que se destaca após o término do programa.