Sobre a estreia de #SeteVidas

09/03/2015

Fonte: Reprodução
Fonte: Reprodução

Não faço ideia do ibope de "Sete vidas"... Mas pela repercussão que vi na internet, tenho pra mim que a Globo foi feliz. Adorei assistir um texto com profundidade, atores dando tudo de si em cena, uma direção segura. Além disso, vi o pessoal falando muito bem no twitter. Pra mim, isso basta...

São muitos personagens e ouvi rumores de que Regina Duarte deve aparecer com sua Esther só na terceira semana! Vai demorar ainda... Mas a espera vai valer a pena. Acredito que será uma personagem bastante complexa. Valeu a pena esperar três anos pra assistir uma novela de Lícia Manzo no horário das 18h...

Pelo que vi hoje, Deborah Bloch merece todos os elogios. Um texto muito subjetivo e extremamente bem interpretado. É incrível como ela vestiu a personagem, demonstrando segurança com um conflito difícil de lidar na vida real e que, em novela, precisa afetar e causar identificação junto ao telespectador.

No mais, Isabelle Drummond e Jayme Matarazzo deram um show. Desculpe se eu chocar, mas quero Júlia e Pedro juntos! E quero essa autora maravilhosa no horário das 21h... Tipo, pra ontem!

Lucas Andrade é natural do interior do Rio Grande do Sul e reside atualmente em Santa Catarina. Escreve sobre televisão desde o Ensino Médio no #BlogCascudeando. Formado em Psicologia e com Mestrado em Educação, atua na área e está cursando Letras-Português. Ainda pretende ganhar o Nobel de Literatura e um Oscar.