Sobre "Corações feridos" e "Carrossel"

13/05/2012

Fonte: Reprodução
Fonte: Reprodução

"Corações feridos" foi a melhor novela de Íris Abravanel até agora. A esposa de Sílvio Santos conseguiu organizar melhor a história, apesar de utilizar em demasia os clichês folhetinescos e cenas prontas. A direção foi superior a "Amor e revolução". Como ponto positivo, as tiradas inteligentes da vilã Aline (Cyntia Falabella). Impressionante como as vilãs chamam para si a história em diversos momentos! Como negativo, um elenco fraco, com escalações equivocadas - resultado do baixo investimento realizado.

Não adianta jogar pra todos os lados, novela tem que ter história. Pode ser a mais fraca que for, mas tem que ser coerente, tem que ser organizada e tem que começar sabendo para onde vai. Essa é a vantagem das novelas mexicanas em relação às brasileiras. Novela brasileira só investe onde tem retorno. Na mexicana as tramas geralmente são melhor direcionadas, com menos interferências. Se o ator foi demitido, contrata-se outro e segue a história! Sei que novela é uma obra aberta e precisa do feedback do público, mas não se deve mudar tudo em nome de audiência.

O grande pecado de "Corações feridos" foi não ser exibida após "Uma rosa com amor", com o texto sendo corrigido conforme o andamento da trama. Se o SBT não tivesse investido nas maluquices do Tiago Santiago, que disse que apresentou uma sinopse sobre a ditadura civil-militar à Globo e esta recusou (no que acho que foi uma menção subliminar ao texto de "Os imigrantes" e "Pantanal" que foram sucessos do Benedito Ruy Barbosa fora da Globo), a novela de Íris Abravanel teria mantido ou até ampliado os índices do SBT. Porque novela é costume... É horário... E a audiência de "Corações feridos" prova isso. Não foi um sucesso, mas concorreu por décimos com a Record por diversas vezes. Cabe a "Carrossel" segurar o bastão.

E falando em "Carrossel", tenho medo do horário de exibição das novelas do SBT. Logo se iniciam as propagandas partidárias obrigatórias e irão tomar 50 minutos do horário nobre. A novela irá ao ar as 20h ou as 21h20min? Complicado. Sabendo que de dois em dois anos existe esse inconveniente, porque a emissora não deixa fixo um horário para fugir disso?

Mudando de assunto: Ouvi rumores que o Rodrigo Faro pode ganhar outro programa na Record. Gente, ele é tudo isso mesmo? Eu não aguento ficar dez minutos assistindo "O melhor do Brasil", acho aquele programa bem chatinho. As vezes acho estranho como as pessoas exigem pouco de certas coisas. Tudo bem que é entretenimento em sua forma mais simples, mas podia ter um pouquinho mais de conteúdo. Só um pouquinho já estaria bom!