Vitória na guerra! #ARegraDoJogo

09/02/2016

Fonte: Reprodução
Fonte: Reprodução

É uma satisfação, para mim, ver a novela "A regra do jogo" ter deslanchado. Aproximando-se dos momentos decisivos, finalmente consigo assistir à novela. Com tantas revelações nos últimos capítulos, é praticamente impossível não dar aquela espiadinha na história.

Finalmente, o rei dúbio Romero Rômulo (Alexandre Nero) foi desmascarado. Já teve embate com Dante (Marco Pigossi), Toia (Vanessa Giácomo) e hoje é a vez de Atena (Giovanna Antonelli). Quando aposta na trama central, João Emanuel Carneiro é certeiro!

As tramas paralelas, por sua vez, destoam por completo da história da facção. São histórias bobas, sem nada a acrescentar nos rumos da saga do anti-herói. Vejo esse problema nas novelas do JEC desde "Da cor do pecado". Acabou por virar uma característica comprar uma boa trama e aguentar comédia sem graça entre os primeiros e o último blocos.

Faltando pouco mais de um mês para o ponto final, os índices de "A regra do jogo" ampliaram. Será que foi o fim de "Os dez mandamentos" ou realmente os entrechos da trama das 21h foram enfim compreendidos pelo público?

Lucas Andrade é natural do interior do Rio Grande do Sul e reside atualmente em Santa Catarina. Escreve sobre televisão desde o Ensino Médio no #BlogCascudeando. Formado em Psicologia e com Mestrado em Educação, atua na área e está cursando Letras-Português. Ainda pretende ganhar o Nobel de Literatura e um Oscar.